segunda-feira, abril 24, 2017

Cantagalo:Prefeito esclarece motivos pela não realização do FEMUSCA

No feriado de Tiradentes ocorrido na última sexta, 21 de abril, o Prefeito de Cantagalo Jair Rocha foi entrevistado na Rádio Cantagalo FM, pelo Radialista José Almeida. A entrevista também foi transmitida ao vivo pela rede social Facebook.
        O primeiro assunto abordado foi sobre a não realização do FEMUSCA - Festival de Música de Cantagalo - esse ano, devido à situação financeira do Município de Cantagalo. Ainda há restos a pagar do FEMUSCA do ano passado, além de outras dívidas. O Prefeito citou a Pensão Nossa Senhora Aparecida, da cidade de Campo Largo, onde ficou uma dívida de vinte e seis mil reais, pois não foram pagos os meses de junho a dezembro do ano passado. No Posto Canaã, município de Irati, onde os veículos que leva os pacientes à Curitiba abastecem, também ficou uma dívida de vinte e quatro mil reais. No CIS - Consórcio Intermunicipal de Saúde - também ficou uma dívida de oitenta e cinco mil reais. Somados, esses valores ultrapassam o custo do festival do ano passado, que foi de R$ 121.441,12 (cento e vinte e um mil, quatrocentos e quarenta e um reais e doze centavos), falta pagar R$ 4.260,00 (quatro mil duzentos e sessenta reais).

 Saúde
            
        O Prefeito Jair disse que na sua concepção de prioridades, o povo (cantagalense) agora precisa de melhor atendimento na saúde. Para suprir essa necessidade, ele falou que atualmente são seis médicos atendendo. Pela primeira vez na história do município, tem médicos atendendo nos postos da Vila Caçula e Vila verde, todos os dias da semana o dia todo. São oito horas por dia, de segunda a sexta, que haverá médicos atendendo a população. No distrito de Cavaco terá atendimento duas vezes por semana. 
        Sobre a volta da realização dos partos no Hospital Santo Antônio, a expectativa fica por conta da reunião que será realizada na próxima quinta (27), quando a resposta sobre o retorno do hospital à Rede Mãe Paranaense será dada. 

Certidão Negativa

        Desde 23 de abril de 2016, o município de Cantagalo não tinha a Certidão de Regularidade Previdenciária, ou seja, estava com o nome "sujo" junto ao INSS, devido aos atrasos no recolhimento das parcelas de responsabilidade do município junto ao Instituto de Previdência dos Servidores do Município, no valor de R$ 2.520.000,00 (Dois milhões e quinhentos e vinte mil reais). Foi necessário passar pela Câmara de Vereadores a proposta de parcelamento e, após a aprovação, o município recolher a dívida referentes a parcelamento anterior, para então, em 23 de março de 2017, obter novamente a Certidão de Regularidade Previdenciária, ficando novamente apto a receber recursos do Governo Federal.

Sanepar
        A dívida somando R$ 1.470.000,00 (um milhão e quatrocentos e setenta mil reais) está em negociação para parcelamento junto à Direção da Sanepar em Curitiba.

Av. Castelo Branco

        A obra de calçamento e manilhamento da Avenida Castelo Branco, parada desde 2009, será concluída nas próximas semanas

Casas da COHAPAR
        Nas casas entre as vilas Maria Augusta e Vila Verde, as obras estão sendo finalizadas e também serão entregues nos próximos dias. 

Novos recursos

        O Prefeito também falou de recursos importantes que virão para investimento em Cantagalo. São R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) do Governo do Estado, R$ 700.000,00 (setecentos mil reais) de emenda do Deputado Traiano e mais R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) do Deputado Federal Fernando Giacobo. 

Tapa buracos
        A alguns dias foram realizados o tapa buracos em várias ruas da cidade. Porém, o que deu mais trabalho foi convencer a empresa a vender para o município de Cantagalo, pois nem à vista eles queriam vender! Tudo por conta de uma dívida deixada pela gestão anterior, referente ao trecho de asfalto desde a Casa da Amizade até a esquina do Fórum  eque a gestão anterior não pagou à empresa. De acordo com o Prefeito, o maior desafio é resgatar a credibilidade do município em toda a região. 
        Realmente, a gestão anterior deixou Cantagalo conhecido como um município caloteiro.  

Família paranaense
      A Vila Chimin vai, finalmente, ser reurbanizada. Investimento de mais de quinze milhões será realizado, graças ao empenho e à credibilidade da atual administração.

Fonte:Cantagalo.

Nenhum comentário: