terça-feira, abril 25, 2017

Candói:Município apoia construção do Hospital do Câncer em Guarapuava

O prefeito de Candói e presidente do CIS Centro Oeste, Gelson Costa afirma que construção trará desenvolvimento regional

Uma audiência pública foi realizada pela Câmara Municipal de Guarapuava para debater a implantação do Hospital do Câncer no município, no último dia 20 de abril.
O Município de Candói e o Consórcio Intermunicipal de Saúde - CIS Centro Oeste também estão apoiando a construção do Hospital do Câncer para a região. De acordo com o prefeito de Candói, Gelson Costa, com um hospital oncológico em Guarapuava vai amenizar o sofrimento de muitos pacientes. “Com a construção do hospital em Guarapuava vai facilitar para os pacientes que tem que ir para cidades distantes para fazer o tratamento, sem contar que a obra vai gerar mais emprego e desenvolvimento regional”, declara o gestor.
Na audiência pública estiveram presentes também os Vereadores Valdir Costa, Nilson Rodrigues e Mauri Belé representando o Legislativo de Candói.
Na ocasião, o Deputado Estadual Bernardo Ribas Carli se comprometeu a destinar emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão para o investimento e ainda destacou em primeiro lugar o empreendedorismo do empresário Odacir Antoneli, que encabeçou o projeto e já doou um terreno de 20 mil metros quadrados para a construção.
Bernardo também ressaltou a importância da união da sociedade pela execução do projeto, estando juntas as forças políticas e empresariais.
Inicialmente, o projeto já dispõe de R$ 16,5 milhões para investimento, frutos de doações e de emendas parlamentares.
O empresário Odacir Antoneli se comprometeu em concluir a construção em até um ano e meio, e durante seu pronunciamento afirmou que vai destinar seu tempo integralmente ao projeto. “Temos condições de construir um hospital eficiente, com custo 20% menor do que o praticado no mercado. Além disso, o projeto precisa contar com o apoio de todos os prefeitos, vereadores e empresários dos 20 municípios da área de ação da 5ª Regional de Saúde”.
 
Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário: