sexta-feira, maio 31, 2013

AÇÃO CONJUNTA DA 4ª CIPM E POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL APREENDE PASSAROS SILVESTRES LONDRINA





Nesta quinta feira, dia 30 de maio de 2013, por volta das 13hs30min, Policiais Militares pertencentes ao serviço operacional da 4ª Companhia Independente de Policia Militar em Londrina receberam chamada para ocorrência de perturbação de sossego na zona norte da cidade.

Os policiais deslocaram-se na rua Ana Murge, Conjunto Habitacional Maria Cecilia, e localizaram na residência denunciada uma veiculo Hyundai modelo Tucson com o som em volume muito alto, os policiais constataram a ocorrência e solicitaram ao proprietário da casa que abaixasse o volume do aparelho de som do carro, fato que não foi acatado, e obrigou os policiais a adentrarem a casa para a condução do proprietário da casa e carro por desobediência e lavratura dos documentos pela perturbação.

Segundo a equipe policial, o dono da casa ao perceber que seria detido, evadiu-se pulando o muro dos fundos da residência, e a equipe policial ao adentrar o imóvel, além do crime inicial, constataram diversos pássaros silvestres aprisionados em gaiolas, sem a devida permissão e alguns pássaros tinham os pés machucados e tinham anilhas.

Assim foram acionados os Policiais Militares Ambientais, que constataram a existência de dezessete pássaros silvestres mantidos em cativeiro sem a devida licença ambiental, sendo eles cinco Coleirinhas, Oito Trinca Ferros e Dois Galos de Campina.


Diante da situação os policiais realizaram a apreensão dos pássaros, o boletim de ocorrência foi lavrado em nome da esposa do homem que fugiu, sendo ela uma mulher de 31 anos de idade que estava na casa se apresentou como sendo a proprietária dos animais e sabia da irregularidade dos pássaros.

Foi constatado que os pássaros passavam por maus tratos, pois não estavam sendo tomados os cuidados sanitários e de alimentação corretos, em algumas gaiolas foi encontrada grande quantidade de fezes em contato com os alimentos e agua dos pássaros.

Ainda foram verificadas que algumas anilhas foram introduzidas provavelmente em pássaros já adultos, com medidas de diâmetro acima da permitida para alguns espécimes de acordo com a legislação.

Como exemplo foi encontrada uma anilha muito grande colocada em um dos pássaros Galo de Campina, (Cardeal ou Cardeal do nordeste), esta ave teve dois dedos da pata esquerda amputados provavelmente durante a instalação da anilha depois de adulto.

Assim existem evidências de que a ave foi capturada já adulta, anilhada ilegalmente a força, falsificando assim o selo de verificação junto ao IBAMA, todas as aves criadas por filiado ao SISPASS, devem realizar o anilhamento correto com a ave de poucos dias de vida, período que os dedos dos pês do animal não estão com as articulações totalmente calcificadas e permite a passagem da anilha metálica obtida corretamente.

As aves encontradas foram encaminhadas para um CETAS aonde vão receber tratamento especializado uma vez que ao manter estes animais em cativeiro eles ficam suscetíveis a doenças e acabam por ter diminuído seu instinto de sobrevivência natural, por isso passarão agora por um processo de acompanhamento em um habitat controlado, até que seja possível sua reinserção na natureza.

É ordem direta do nosso comandante do BPMA, Senhor Tenente Coronel Chehade Elias Geha que as ações de proteção ambiental sejam intensificadas e o meio ambiente seja protegido para as gerações futuras.
 Todo cidadão pode ser um defensor da natureza e ajudar no combate aos crimes ambientais denunciando a qualquer hora, em todo o estado do Paraná os crimes ambientais através do telefone (43) 3341-7733, em Londrina e região. 
   Via  Capitão PM Ricardo Fardim Eguedis
Comandante da 2ª Cia de Polícia Ambiental

Vereador do PT é denunciado por receber bolsa família

Por Raimundo Garrone, Odilon Rios E Cristiane Sampaio, no Globo:

A investigação sobre a origem da onda de boatos levou a denúncias contra vereadores de pequenos municípios maranhenses que também estão recebendo o Bolsa Família. Em Coroatá, a 247 quilômetrosde São Luís, o vereador Juscelino do Carmo Araújo (PT) foi denunciado por receber o benefício mesmo tendo declarado à Justiça Eleitoral possuir patrimônio de R$ 320 mil. O caso foi denunciado na Câmara Municipal pelo vereador Júnior Buhatem (PMDB).

Já em Fortaleza dos Nogueiras, a 661 quilômetros de São Luís, a denúncia também foi em sessão da Câmara, contra o vereador Edimar Dias (PSD). O prefeito do município, Elimar Nogueira (PR), que fez questão de acompanhar a sessão, disse que tem provas. “ O cidadão está, desde o seu primeiro mandato, recebendo auxílio da Bolsa Família junto com sua esposa? Isso não precisa ser apurado, tenho documentos, fomos à Caixa, e o dinheiro está sendo depositado na conta do vereador”, acusou Elimar. A Polícia Federal, que está investigando os boatos no Maranhão, não quis se pronunciar sobre o assunto.
(…)
Reinaldo Azevedo


Via http://www.blogdolago.com/a-farra-vereadores-recebem-bolsa-familia-no-maranhao

Nota de esclarecimento do vice-presidente da Câmara dos Deputados

Caro Minoto
Site Olho Aberto 
Em relação ao texto publicado em seu blog no dia 24 de maio, sobre a Lei das Antenas, esclarecemos que o deputado André Vargas (PT/PR) apresentou requerimento para a constituição de Comissão Especial para analisar o caso da Lei. Esclarecemos ainda que o deputado não pretende “tungar” o Paraná, como publicado no blog. Ao contrário, lutamos pelo maior número de recursos para o desenvolvimento do nosso Estado, tanto que apresentamos destaque para suprimir o artigo 12 do Projeto de Lei. 
Primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados
Via Assessoria de Comunicação 
Primeiro-Vice-Presidente da Câmara
Deputado Federal André Vargas (PT/PR)

Guarapuava:Rebelião continua na 14ª SDP

Uma nota oficial acaba de ser entregue à imprensa por um agente carcerário. Assinada por juízes, promotores, PM e advogados, o documento assegura que a reunião continua e que parte das reivindicações feitas por presos já foi aceita. A nota, porém, não diz quais pedidos foram atendidos.
Diz também que as reivindicações que não puderam ser atendidas serão apreciadas "com urgência" pelos órgãos competentes, com fiscalização do Poder Judiciário e do Ministério Público. A nota diz ainda que a polícia busca assegurar a ordem na carceragem e a integridade física de todos os envolvidos.
O documento, entretanto, não acalmou os ânimos dos familiares que continuam exigindo a presença da juíza titular da VEP (Vara de Execuções Penais).
Informações de dentro da cadeia, segundo familiares, se ele snão foram soltos no pátio, vão invadir os corredores e fazer mais um refém.
O documento foi assinado pelos juizes Glauco Oliveira, Liana Lueders (VEP); pelos promotores Claudio Cortesia, Marcia Broietti; pelos advogados Allan Quartiero e Jair Gavino Filho; pelo capitão Joas Lins (sub comandante da PM), tenente Juliano (comandante do Pelotão de Choque), pelo delegado Alisson de Souza e pelo chefe da carceragem Anderson de França Uchak.

Via Divisão Policial 

Guaraniaçu:Cidão é suspeito de ter atirado em Marcos no bar da Neusa

                               
 LESÃO CORPORAL

Em data de 31 de maio de 2013 aproximadamente as 04h30min, a equipe PM foi chamada para atender a disparo de arma de fogo no bar da Neusa, localizado na av. Ivan Ferreira do Amaral, a equipe de imediato chegou ao local e encontrou caído na calçada com ferimento de disparo de arma de fogo Marcos Cardoso , solicitados, a equipe de defesa civil prestou os primeiros socorros e encaminhou a vitima para o hospital Sto. Antônio para cuidados necessários.

A equipe PM encontrou no local do fato, um celular de marca Nokia que tem escrito em seu display “Sido”, o qual populares relataram como sendo o atirador.

Foram realizadas buscas nas proximidades e encontrado Juventino Luiz  que descreveu estar com “Cidão” e viu que após confusão e desentendimento o mesmo efetuou disparo contra Marcos Cardoso. Juventino foi encaminhado ao DPM para melhores explicações e até o momento estão sendo realizadas buscas mas ainda não foi logrado êxito em encontrar Cidão.


Sd. QPM 1-0 João Valtair Cattelan,
Cmt. Da Equipe de Serviço.


Candói:Jovem sem habilitação bateu em viatura da Policia Militar


Em patrulhamento na citada via quando ao visualizar o veículo Fiat/Uno Placas FOR-1212 em atitude suspeita, dado voz de abordagem onde a equipe desembarcou da viatura sendo que o condutor do veículo identificado posteriormente como Elian Willian Frigo efetuou manobra em marcha ré vindo a colidir com a frente da viatura Placas AWK-6858 prefixo 10015.
Foi constatado que o condutor não possui carteira nacional de habilitação.

 Do evento resultou somente dano de pequena monta em ambos os veículos. Após consulta constatou-se que o veículo Fiat/Uno possui débitos pendentes, sendo o mesmo recolhido ao pátio do Dpm Candói e elaborado as notificações. 

Os condutores SdChimilovski e o Sr° Elian Willian Frigo foram submetidos ao teste do etilômetro equipamento n° arab-0262 o qual resultou 0,00mg/l em ambos os condutores.

Foi conduzido até o Dpm candói o Sr° Elian Willian Frigo, 18 anos para elaboração de termo circunstanciado. O proprietário do veículo não foi localizado. Obs: notificações elaboradas 004529060 art-162 i, 004529061 art-163 c/c 162 i, 004529062 art-232, 004529063 art-230 xviii todos do ctb. Em anexo fotos do sinistro.

BATEU boletim de acidente de trânsito realizado pela equipe de Foz do Jordão SdFracaro e SdHamud. 

Fonte  Sd. QPM 1-0 Luis Paulo Firman Ferreira 

Laranjeiras do Sul:A desorganizada campanha do agasalho


Chegou ao nosso conhecimento a forma "operacional" da campanha de agasalho realizada pela Secretaria de Ação Social e segurança da família neste ano, muito diferente do que era feito antes.

Na gestão do Prefeito Berto Silva, era organizada a entrega das roupas, mas as pessoas tinham o direito de escolher as peças que lhe serviam, na gestão da Prefeita Sirlene Svartz as pessoas receberam duas peças de roupas e não puderam escolher, sendo assim grande a probabilidade de terem ganhado roupas que não ter serventia em suas casas....

Fica a dica.. deveriam deixar as pessoas escolherem as duas peças dadas, escolherem roupas que lhe servem...

LARANJEIRAS PODE MAIS.. COM CERTEZA PODE MUITO MAIS DO QUE ISSO QUE TEMOS HOJE...

Laranjeiras do Sul:Via de fato e pertubação do trabalho foram as ocorrências atendidas pela Policia Militar


VIAS DE FATO

No local em contato com o solicitante, o mesmo relatou-nos que um casal foi até seu estabelecimento comercial, para pagar uma dívida, dívida esta que perdura há quase um ano, porém houve desentendimento entre as partes referentes a valores, as quais entraram em vias de fato, posteriormente agrediram-se mutuamente, sendo que o solicitante foi lesionado na face lado direito, lado esquerdo e no pescoço e um dos agressores apresenta pequeno hematoma na face, lado esquerdo. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas até a 2ª SDP para providências.


PERTURBAÇÃO DO TRABALHO

O solicitante que é sócio proprietário de uma empresa de alimentos relatou que havia algumas pessoas em frente ao seu estabelecimento causando tumulto e perturbando o andamento do serviço. No local as citadas pessoas já haviam se retirado, feito buscas os mesmos não foram localizados, coube orientações.

Laranjeiras do Sul:Temperatura deve baixar até 3 graus no final da madrugada


A temperatura em Laranjeiras do Sul deverá cair a 3 graus positivos no final da madrugada desta sexta-feira (31), estivemos a pouco no centro da cidade, o relógio marcava 6 graus ( 2 e 30 h-m).

A queda de temperatura deve-se a uma frente fria que está chegando no Paraná e que deverá permanecer pelos próximos 6 dias, em Guarapuava a temperatura já está 2 graus e com previsão de geada e de 1 grau negativo no início da manhã.
Em Palmas e General Carneiro, região sul do Paraná também tem previsão de geada e temperaturas devem chegar a 3 graus negativos.

Tá na hora de tirar os "casacos" do guarda-roupa....

Falso debate sobre a PEC 37


Paulo Moreira Leite
Desde janeiro de 2013, é diretor da ISTOÉ em Brasília. Dirigiu a Época e foi redator chefe da VEJA, correspondente em Paris e em Washington. É autor dos livros A Mulher que era o General da Casa e O Outro Lado do Mensalão.


O debate em torno da PEC 37 ocorre num momento especialmente instrutivo para quem se preocupa com a preservação das instituições democráticas.

A PEC, nós sabemos, pretende garantir exclusividade às forças policiais no trabalho de investigação criminal.

Só para você ter uma ideia do que está acontecendo.
 
Dias atrás, tivemos um mutirão de 158 promotores. Os jornais e emissoras de TV disseram que sua finalidade era combater a corrupção. O próprio Roberto Gurgel, procurador-geral da República, deu um esclarecimento em outra linha: "O MP está mobilizando a sociedade no sentido de mostrar que o que se deseja com a PEC 37 é concentrar as investigações num único órgão do Estado, a Polícia. É um retrocesso gigantesco para a persecução penal e para o combate à corrupção.”
 
É grotesco.
 
O procurador-geral admite que o Ministério Público fez prisões e operações de busca com a finalidade de fazer propaganda de um ponto de vista político e pressionar o Congresso. O Estado de S. Paulo, o mais antigo dos grandes jornais do país, diz que é isso mesmo – e critica Gurgel, em editorial.
 
“Se fosse apenas uma demonstração de eficiência dos Ministérios Públicos (MPs) estaduais e da Procuradoria-Geral da República no cumprimento de suas atribuições funcionais, o mutirão contra a corrupção - integrado por 158 promotores - mereceria aplauso. Infelizmente, porém, ele foi realizado com propósitos corporativos e políticos.” 
 
Disse ainda o jornal: “Mais do que um ato de protesto, essas operações midiáticas são uma verdadeira tentativa de retaliação contra políticos, por parte do MP.”
 
É isso, meus amigos: “uma tentativa de retaliação contra políticos.” Quem quer retaliar os políticos?
 
Até onde eu sei, quem faz isso é o eleitor, em urna. Retalia quem não gosta, promove quem agrada e dá uma chance a quem levanta esperanças. Fazemos isso pelo voto em urna, soberano, origem dos poderes da nação. 
 
É assim nas democracias, o pior regime que existe com exceção de todos os outros. 
 
Vamos pensar um pouco mais. Nesta operação exemplar, tivemos dezenas de prisões, operações de busca, e até dois parlamentares paulistas com seus telefones grampeados, em algo que é uma campanha marketing. Não se iluda. Em poucos dias, o saldo dessa operação de “demonstração” estará nos jornais, um punhado de políticos será acusado a partir de informações vazadas e o país estará estarrecido diante de mais um escândalo.
 
Sei que a corrupção existe e que é preciso que seja punida e investigada.  Mas a perseguição política não leva a parte alguma.
 
Seleciona alvos, define adversários e escolhe suas vítimas ao sabor de opções que não têm caráter técnico. 
 
Só para dar um exemplo, que todos podem lembrar: não é curioso que o celebre mensalão mineiro, pioneiro e original, iniciado nas eleições de 1998, só tenha sido investigado anos depois que se apurou o mensalão petista? 
 
E não é curioso que até ministros admitem que o interesse da imprensa – uma instituição privada, com interesses próprios e visão política própria – tenha interferido nesse comportamento?
 
Não se deve generalizar uma discussão que não tem mocinhos nem bandidos, mas é preciso entender o principal: estamos assistindo a uma disputa de garantias constitucionais e direitos democráticos. Este é o debate em torno da PEC 37.
 
Não sou em quem diz isso, mas a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, que acaba de criar uma Comissão de Defesa da Constitucionalidade das Investigações Criminais. Procurando esclarecer as coisas, o advogado Marcos Costa, presidente da OAB-São Paulo apoia a PEC 37 e explica, em entrevista ao Estado de S. Paulo de hoje:
 
"A PEC não quer restringir os poderes do Ministério Público, cujo papel é relevantíssimo e está claramente estabelecido pela Constituição Federal de 88. Na verdade, propõe restabelecer a imparcialidade na fase de investigação, segundo a qual a Polícia Judiciária (Civil e Federal) investiga, o Ministério Público denuncia, a Advocacia faz a defesa e o Judiciário julga."
 
Para Costa, "quem acusa não pode comandar a investigação, porque isso compromete a isenção, quebra o equilíbrio entre as partes da ação penal".
 
A PEC 37 devolve à polícia o direito de investigar uma denúncia criminal.
 
Já ao Ministério Público caberia  determinar a abertura de uma investigação e apresentar uma denúncia à Justiça, se for o caso. 
 
Por quê? Como ensina o mesmo Estadão: “No Estado de Direito, quem acusa não deve ter a prerrogativa de investigar, sob pena de se pôr em risco o devido processo legal e ferir liberdades públicas e individuais.”
 
O problema é que vivemos hoje uma situação em que essas funções estão embaralhadas. Temos, assim, uma situação estranha, em que o trabalho da polícia é diminuído e dispensado, em nome da supremacia do Ministério Público. Vamos ver alguns casos realmente exemplares.
 
Como é fácil de comprovar pela leitura dos autos da ação penal 470, várias conclusões da Polícia Federal – sobre os empréstimos ao PT, sobre o papel dos dirigentes partidários e ministros, contribuições de empresas privadas – não foram devidamente respondidos nem considerados pela denúncia.
 
Uma leitura possível  é que se considerou o que interessava – e se dispensou aquilo que não ajudava na tese da acusação. 
 
Outro aspecto. Os doadores privados do mensalão foram excluídos da denúncia e nenhum se sentou no banco dos réus. Entregaram  milhões de reais, informa a Política Federal e também a CPMI dos Correios. Foram seletivamente deixados de lado. Mesmo documentos oficiais não foram levados em conta, no esforço para denunciar que houvera desvio de dinheiro público.
 
Na morte do prefeito de Santo André, Celso Daniel, tivemos duas conclusões opostas. A Polícia Civil de São Paulo concluiu que foi crime comum. A pedido de Geraldo Alckmin, uma nova equipe policial, com uma delegada de outra área, refez o inquérito e chegou à mesma conclusão. A Polícia Federal, num trabalho realizado a pedido do então presidente Fernando Henrique Cardoso, também. 
 
Mas o Ministério Público diz que foi um crime encomendado.
 
Resultado: os réus são acusados de um tipo de crime que contraria frontalmente a conclusão de três investigações policiais. Muitos já foram até condenados em nome do crime encomendado.
 
Nem vou entrar no mérito desses casos específicos, embora tenha uma opinião conhecida a respeito.
 
Mas é difícil negar que, ao evitar a separação entre o trabalho de investigar e o de acusar, a legislação deixa uma porta aberta para abusos.
 
É simples como uma fábula infantil: a parte que acusa não pode estar contaminada nem envolvida com o trabalho de investigação.
 
Eu não posso ter a função legal de encontrar aquilo que quero procurar. É absurdo.
 
Cabe à acusação levantar as hipóteses que considerar cabíveis numa denuncia e exigir que todas sejam investigadas e examinadas com rigor. Os promotores podem mandar a polícia refazer o trabalho, reexaminar suas conclusões e ir atrás de novos indícios.
 
Não podem, no entanto, substituir a polícia.  Não podem ocupar seu lugar quando discordam da investigação.
 
O Estadão escreveu que a PEC 37 merece ser aprovada.
 
Conheço opiniões que defendem uma outra proposta, que preserve o poder de investigação da polícia, mas assegure que os promotores possam supervisionar o trabalho.
 
Observadores céticos de Brasília julgam que é tudo um teatro, mais uma vez.
 
Se o MP faz um mutirão para ameaçar os parlamentares, estes fingem que irão colocar a PEC 37 em votação como uma forma de amansar o Ministério Público.
 
Aqueles que têm motivo real para temer uma investigação bem feita se escondem por trás das garantias fundamentais para assegurar a própria proteção.
 
Sentem-se chantageados e respondem com a mesma arma.
 
Mas seria bobo desprezar os aspectos políticos do debate.
 
As democracias justificam sua existência porque garantem os direitos a todos e só condenam uma pessoa depois que sua culpa foi inteiramente provada. A separação de atribuições é uma forma de a própria sociedade controlar o que é feito e impedir abusos.
 
O predomínio de uma força sem controle é o caminho mais fácil para o abuso em que se condena com base em indícios, em suposições, em deduções ou com base em denúncias arrancadas daquele jeito tão feio e tão selvagem que anos depois é preciso fazer Comissões da Verdade para descobrir um pouco, mas só um pouco, daquilo que havia por trás de tanta mentira e tanta brutalidade que envergonha a todos, não é mesmo? 

Laranjeiras do Sul:Município tem a gasolina mais cara do estado? Consumidores lançam desafio no Paraná

Fonte foto:Facebook - Neimar Hulse

GASOLINA ACIMA DOS R$ 3 reais

A vários dias circula manifestos e reclamações nas redes sociais referentes aos preços praticados em postos de combustíveis do município de Laranjeiras do Sul, região centro-oeste do Paraná.

Reclamações

É que enquanto vemos um redução de preço dos combustíveis em Curitiba e região metropolitana, a realidade é em Laranjeiras do Sul é que o litro da gasolina chega a ser cobrado R$ 3,06 (TRÊS REAIS E SEIS CENTAVOS).

Desafio

Consumidores lançaram o desafio no facebook, o desafio de alguém comprar gasolina mais cara do que em Laranjeiras do Sul, o desafio vale para todo o estado do Paraná e para você participar basta enviar o preço da gasolina por litro cobrado em sua cidade para o e-mail olhoabertoparana2009@hotmail.com 

Pesquisa de preços

Acessem o site " preço dos combustíveis" no link a seguir e consulte os preços médios cobrados em sua cidade http://www.precodoscombustiveis.com.br/

Em Curitiba



Estivemos em viagem na semana passada na capital paranaense, aproveitando o debate sobre o preço do combustível em Laranjeiras do Sul procuramos em Curitiba os menores preços, encontramos posto na Rua Francisco Derosso esquina com Isac ferreira da Cruz (alto boqueirão) o preço a R$2,59 (Dois reais e cinquenta e nove centavos), dentro da cidade de Curitiba foi o preço mais baixo encontrado por nossa equipe.
Gasolina a R$ 2, 52 o  litro

Para nossa surpresa, na saída de Curitiba, mas precisamente a mais ou menos 3 quilômetros do Parque Barigui na BR 277 encontramos gasolina a R$ 2,52 (dois reais e cinquenta e dois centavos) o litro.

Em Guarapuava

Em Guarapuava, a pouco mais de 100 km de Laranjeiras do Sul tem posto de combustível vendendo o litro de gasolina a R$ 2,77 (dois reais e setenta e sete centavos).

Vejam mais informações sobre o preço dos combustíveis nesta sexta-feira aqui neste blog!!

quinta-feira, maio 30, 2013

VIRMOND: PREFEITA LENITA CONCEDE 7,22 % DE REAJUSTE SALARIAL AOS SERVIDORES


No Primeiro Ano do Segundo Mandato, com a situação financeira em dia e a imagem do município recuperada, Lenita propôs e foi aprovado um dos maiores reajustes salariais da Cantuquiriguaçu. 

Durante a solenidade do ato cívico de aniversario do município, a qual ocorreu no dia 17 de maio a prefeita Lenita Mierzva propôs ao legislativo municipal através do oficio n.° 20/2013 o projeto de lei n.° 018 que visava conceder reajustes aos servidores públicos municipais, projeto este que foi aprovado pelo senhores vereadores em segunda votação no ultimo dia 28 de maio, e agora a prefeita sanciona este, que é um dos maiores se não o maior reajuste da Cantuquiriguaçu, para beneficio e reconhecimento os servidores públicos municipais, o município atualmente com uma saúde financeira em dia e a credibilidade e o nome do município recuperado, Lenita segue quebrando tabus e paradigmas, vale destacar que o município tem um dos menores índices de pessoal da história do município e de toda a região. 
A prefeita Lenita destaca que “a valorização dos servidores e o respeito pelo dinheiro público são pilares que nortearam o meu primeiro governo e irão caminhar comigo, juntos nesses segundo mandato, ressalto ainda que já temos a licitação para um concurso público, onde iremos suprir todas as necessidades com pessoal e formarmos a nossa equipe administrativa” concluiu Lenita.

Via Assessoria de imprensa PMV

Laranjeiras do Sul:Prefeitura não renova o programa AABB comunidade e cerca de 100 crianças poderão deixar de ser atendidas

Neste ano, o Programa completaria treze anos de existência. 

O AABB Comunidade Laranjeiras do Sul contava com o reconhecimento e apoio da sociedade. O comprometimento na realização de um trabalho sério, em prol do desenvolvimento social dos educandos, é o principal objetivo do Programa na cidade.

A prefeitura de Laranjeiras do Sul rompeu o auxílio dado ao Programa AABB Comunidade. A atividade atendia cerca de 100 crianças laranjeirenses. Para que tudo seja feito de forma eficiente, é necessário auxílio financeiro para bancar alimentação e professores.
Assumindo a presidência da AABB em Laranjeiras desde outubro de 2012, Claudio Rieke disse que o programa deixará de existir, pois o custo é muito elevado para que a instituição possa se manter sozinha.
Segundo a Secretária de Educação , o custo para a prefeitura era muito alto e não compensava, manter estes alunos  ali........além disso, o programa funcionava em uma casa nos fundos da associação, que não comportava 100 crianças.

O programa

O AABB Comunidade é uma complementação educacional, baseada na valorização da cultura do educando e de sua comunidade. Isto se dá com atividades lúdicas, desenvolvidas em áreas como saúde e higiene, esporte e linguagens artísticas, possibilitando a construção de conhecimentos e o acesso à cidadania.
A fundação do programa foi junto à criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e é destinado a crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos incompletos

Leia abaixo matéria relacionada

Programa renova convênio com a Prefeitura
http://www.aabbcomunidade.org.br/default.php?p=noticias.php&id=141

Reportagem Hercules Folador - Jornal de notícias

Universidades paranaenses estão entre as 100 melhores da América Latina

 A Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Universidade Estadual de Maringá (UEM) estão entre as 100 melhores universidades da América Latina: 64.ª e 84.ª, respectivamente. O ranking de universidades foi divulgado nesta terça-feira, 28, pela britânica QS Quacquarelli Symonds Limited, especializada na avaliação. Ambas subiram cinco degraus em relação ao ranking anterior. Além das estaduais, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) também integrou a lista, aparecendo na 37.ª colocação.