quinta-feira, agosto 10, 2017

Polícia Civil fecha clínica de estética irregular e apreende 1,7 mil produtos


De Curitiba

A clínica funcionava na Sete de Setembro e já havia sido investigada pelas mesmas irregularidades em 2014.

No local, a equipe policial encontrou centenas de produtos terapêuticos e medicinais irregulares, vencidos e sem procedência que eram utilizados para tratamentos estéticos e maquiagem definitiva, conforme detalhou o delegado Vilson Alves de Toledo, titular da especializada.

Os policiais encontraram diversas irregularidades, como o armazenamento impróprio das mercadorias, a venda de produtos sem a necessária prescrição médica e com prazo de validade vencido, além de produtos importados sem rótulos e sem descrição nacional da composição e do modo de usar.

De acordo com a polícia, diversos produtos cosméticos e demais insumos eram utilizados na clínica, mesmo sem registro no órgão sanitário competente, um grande risco, diz o delegado.

A dona da clínica, uma mulher de 70 anos, foi presa em flagrante no local. Na delegacia, ela preferiu ficar em silêncio e deve falar apenas em juízo.
Ela foi autuada em flagrante por falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. Se for condenada pode pegar de 10 a 15 anos de prisão, além de uma multa a ser estipulada pela Justiça.

Repórter Cristina Seciuk

Nenhum comentário: