terça-feira, abril 11, 2017

Ex-prefeito é denunciado pelo MP-PR e tem prisão decretada

A pedido do Ministério Público do Paraná, a Justiça decretou a prisão preventiva do ex-prefeito de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. O ex-gestor municipal, que era vice e assumiu o cargo em 2016, após a renúncia do titular, foi denunciado por concussão e peculato, junto com sua filha e o namorado da filha.

Segundo apurou o MPPR, o ex-prefeito, atendendo aos pedidos da filha, nomeou uma pessoa para um cargo de provimento em comissão para que esta fizesse “repasses” de salário em proveito do casal. Além disso, o namorado da filha também foi nomeado para ocupar o cargo de assessor de secretário municipal, mas não chegou a exercer as funções que lhe eram exigidas, mesmo recebendo vencimentos, configurando caso de “funcionário fantasma”.

A Justiça também determinou, aos outros réus, o comparecimento mensal, em Juízo, bem como a proibição de se ausentarem da Comarca sem autorização judicial enquanto durar o processo. O descumprimento dessas medidas poderá levar à prisão dos réus.

Nenhum comentário: