terça-feira, maio 19, 2020

Após festa durante pandemia, 32 pessoas são indiciadas por infringir medida sanitária em Salto do Lontra

Delegacia de Salto do Lontra, no sudoeste do Paraná — Foto: Polícia Civil/Divulgação
32 pessoas foram indiciadas, nesta segunda-feira (18), por infringir medida sanitária preventiva, em Salto do Lontra, no sudoeste do Paraná, segundo a Polícia Civil, após participarem de uma festa durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a polícia, os participantes da festa foram identificados pela vigilância sanitária do município e pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) após postarem fotos do evento em redes sociais.

Conforme decreto municipal, está proibida a aglomeração de pessoas, como em festas e eventos, em Salto do Lontra.

Apesar de não haver nenhum caso confirmado da Covid-19 na cidade, a medida sanitária tem o objetivo de evitar a propagação do novo coronavírus.

Conforme o delegado Rodrigo Colombelli, a pena prevista pelo descumprimento da medida é de até um ano de prisão. A festa investigada ocorreu no domingo (10).

O delegado orientou ainda que a população não faça esse tipo de evento durante a pandemia, pois quem for flagrado poderá responder criminalmente.

Até a publicação desta reportagem, segundo a Secretaria de Saúde de Salto do Lontra, três casos de Covid-19 tinham sido investigados e descartados na cidade.

Um dos participantes da festa, um jovem de 23 anos, fez o teste da Covid-19 na terça-feira (12). O resultado do exame foi divulgado no sábado (16) e o paciente testou negativo para a doença, segundo a secretaria.

Nenhum comentário: