quinta-feira, abril 25, 2019

Saúde de Rio Bonito em parceria com 16ª Regional de Apucarana e 5ª Regional de Guarapuava promovem prevenção à Doença de Chagas

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Bonito do Iguaçu em parceria com a 16ª  Regional de Saúde de Apucarana e com a 5ª Regional de Saúde de Guarapuava, promoveu no início desta semana atividades de prevenção ao mosquito barbeiro portador da doença de chagas.

Na última terça-feira, 23, os técnicos de entomologia da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), Cleofas Zilli e Nelio dos Reis, vinculados a 16ª  Regional de Apucarana, fizeram uma palestra para os agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes comunitários de endemias (ACE), sobre como orientar a população de como identificar e capturar os insetos – no caso do percevejo barbeiro – e colocar dentro de recipientes adequados para ser encaminhado aos órgãos competentes para análise.  

Todo esse trabalho foi acompanhado de perto pela secretária municipal Elenice Silmara de Oliveira (Neguinha) e sua equipe.

De acordo com o técnico Nélio dos Reis, a partir do momento que o inseto é capturado, deve ser encaminhada a secretaria de Saúde local, depois vai para a 5ª Regional e em seguida vai para o setor de entomologia da 16ª Regional de Apuracana que vai identificar se o inseto está infectado com o trypanosoma cruzi – causador da doença.

Após identificado, desencadeia-se uma nova fase de trabalho de pesquisa na residência, e uma vez encontrado qualquer tipo de exemplar. A partir disso é feito a borrifação para eliminar qualquer outro mesmo tipo de inseto que estiver na residência. Se o inseto barbeiro estiver contaminado, a epidemiologia do município faz uma visita, coleta sangue dos moradores, orienta e entrega a medicação adequada e encaminha para verificar se a família está infectada ou não.  

Posto de Informação de Triatomíneo (PIT)

No ESF do Arapongas, os técnicos de entomologia foram promover e instalar um kit do Posto de Informação de Triatomíneo (PIT), que é a forma de divulgar a prevenção contra a Doença de Chagas e contem os recipientes adequados para coletar os insetos.

Logo após, acompanhados da secretária Elenice, os técnicos foram até a Escola Herdeiros do Saber, localizada no acampamento Herdeiros da Terra, para fazer um trabalho de divulgação e esclarecimento sobre a contaminação através do trypanosoma cruzi.

“Agradeço os técnicos da 16ª Regional que com apoio da 5ª Regional vieram até Rio Bonito orientar nossa população e também as equipes dos PSF, agentes comunitários e demais profissionais da saúde. É fundamental eles terem vindo e colocarem cinco pontos de apoio (PIT) para notificar casos sobre esse inseto e foi feito palestra com os agentes para alertar a população”, disse a secretária Elenice Silmara de Oliveira.

Nenhum comentário: