sexta-feira, maio 22, 2020

Ex-presidiário ameaça de morte a própria mãe e vizinhos, ele foi preso pela Gloriosa Policia Militar de Laranjeiras do Sul

Ameaça – Violência doméstica

Varias ligações no COPOM davam conta de que na Rua Belo Horizonte atrás do Bar da Lu, a um homem estava ameaçando sua mãe e os vizinhos e que iria tacar fogo nas residências, chegado ao local à equipe conseguiu abordar o homem, o qual estava de posse de um objeto metálico na cintura questionado sobre os fatos o mesmo negou, questionado onde estava à dona da residência o mesmo relatou que ela tinha saído, no momento em que a equipe estava consultando o nome do mesmo, a mãe do autor se aproximou e disse que o seu filho estava ameaçando a mesma e os vizinhos e por isso ela teve de sair da residência que a casa é dela e desde que seu filho saiu da Penitenciaria de Cascavel ele esta parando na casa dela, momento em que uma mulher e um homem saíram na janela de uma casa e relataram que o abordado estava ameaçando os mesmos de morte e disse que iria colocar fogo na casa dos mesmos, nesse momento o autor começou a ameaçar o casal e disse que iria mata-los a pessoa e enterrá-lo de cabeça para baixo, e continuou fazendo ameaças, e neste momento foi correndo e tentou arrombar a porta da residência, a equipe policial foi conter o autor, momento em que o mesmo investiu contra a equipe policial, sendo que esta teve de fazer uso da força para conter o agressor, derrubando o mesmo no solo e imobilizando o mesmo o que causou uma lesão na face do autor e lesão na mão de um dos policiais e neste momento o irmão do autor e demais familiares do mesmo tumultuaram a ocorrência sendo então contidos pela equipe, foi feito uso de algemas conforme decreto federal 8858/16 para resguardar a integridade do autor e da equipe policial. Neste momento a esposa do autor chamou a atenção da equipe policial, sendo que esta estava junto com sua filha menor de 17 anos escondida na casa de um vizinho, pois o seu esposo o autor dos fatos havia ameaçado a mesma de morte dizendo que iria "dar umas 20 facadas e enterra-la de cabeça pra baixo" e as mesmas tiveram de fugir da casa e buscar abrigo nos vizinhos, diante dos fatos a equipe conduziu todos os envolvidos para a delegacia policial para as providencias.

Via pmpr

Nenhum comentário: