terça-feira, março 24, 2020

Romero Advocacia Criminal consegue absolver policial civil acusado de roubo de carga, associação criminosa e extorsão

Uma quadrilha suspeita de roubo de carga foi desmantelada nesta sexta-feira (3) na Operação Squamata, deflagrada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil do Paraná. Sete pessoas foram presas, entre elas um policial civil que teria envolvimento com a organização criminosa. Eles são acusados de pelo menos cinco roubos de carga.Curitiba, 03/06/2016.Foto: Divulgação SESP
No dia 03 de junho de 2016, o Núcleo de Operações da Corregedoria Geral da Polícia Civil, com apoio do Centro de Operações Policiais Especiais, deflagrou a OPERAÇÃO SQUAMATA, tendo como alvo uma quadrilha de roubo de cargas.(http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php…)

De acordo a investigação o policial civil J.R.C.M, seria participe de tal quadrilha, razão pela qual, teve sua prisão preventiva decretada e permaneceu por quatro meses custodiado na DFRV.

No deambular do processo a defesa do policial que era promovida pelo Advogado André Romero de Souza, demonstrou que a investigação levada a efeito pela Corregedoria teve início a partir de pedido formulado ao então Corregedor Geral pelo próprio policial, sendo comprovado ainda que o policial não era participe da quadrilha, que sua localização por ocasião dos roubos noticiados no processo era diversa do local dos fatos e ainda que o caminhão utilizado para o roubo não mais lhe pertencia.

Ultimada instrução processual a Juíza de Direito da 1ª Vara Criminal de São José dos Pinhais/PR, proferiu na data de 24.03.2020, uma sentença contendo 603 laudas, na qual julga improcedente as imputações constantes na denúncia para absolver o policial J.R.C.M.

Nenhum comentário: