quarta-feira, julho 12, 2017

Relatório da Comissão da Juventude apresenta atividades desenvolvidas no primeiro semestre


Foi entregue nesta terça-feira (11), para leitura em plenário na Assembleia Legislativa, o relatório das atividades realizadas pela Comissão de Direitos da Juventude, neste primeiro semestre.

O presidente da Comissão, deputado estadual Paulo Litro, foi um dos primeiros a entregar o documento que é habitual dentro da Casa. “A transparência no trabalho que desenvolvemos é essencial para o bom funcionamento da Comissão. É direito da população e nosso dever mostrar o resultado do trabalho”, afirmou o deputado.

Desde março, foram realizadas quase dez reuniões, além da relatoria de seis projetos. Entre eles, estão o Projeto 171/2017, que criou o Programa Estadual da Juventude- Rede Jovem. Que tem como objetivo promover melhorias nas condições de vida dos jovens em vulnerabilidade social.

Por meio do programa, os jovens terão acesso a um conjunto de ações, serviços e benefícios planejados de acordo com a realidade de cada jovem e da localidade onde vive, além de promover a integração entre as políticas públicas de Estado, estabelecer diretrizes, orientar e assessorar os municípios para o acompanhamento intersetorial e promover ações, serviços e benefícios em parceria com os municípios. “Fiquei muito feliz por termos um Projeto desse porte dentro da nossa Comissão. Sem dúvida, foi uma grande conquista para os jovens paranaenses”, destacou Paulo Litro.

Outro projeto de destaque foi o de número 120/2016, institui o mês Estadual de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas. Outro Projeto, colocava como apenas uma semana de conscientização. “Aprovamos esse projeto para que durante todo o mês, as escolas, instituições públicas, e outras entidades, falem sobre a importância de se evitar o contato com as drogas. Assim, há mais tempo para as discussões e também para que as pessoas entendam os prejuízos que esse envolvimento pode trazer”, enfatizou Litro.

Foram expedidos 53 ofícios por meio da Comissão, proposto o título de Cidadão Benemérito do Paraná ao filósofo paranaense Mario Sérgio Cortella, além de requerimentos e sessões solenes.

Via Assessoria

Nenhum comentário: