quinta-feira, junho 22, 2017

Coluna semanal da Psicóloga Marian Martins (22 a 28 de junho)

Marian Martins

Cool girls - A “Garota Legal”

Para as mulheres, o jogo da conquista, no passado e ainda hoje é um dilema para muitas de nós. E com razão. Se a "etiqueta amorosa" já aceita que a mulher não se limite a ficar passivamente esperando ser notada, também é verdade que continua sendo um desafio encontrar o limite da conquista e para algumas mulheres é possível permitir-se ao esforço de ser um ser encantador.

Mas ir direto ao objetivo e ao assunto quebra a sequencia natural da conquista, em que a descoberta do outro e o romantismo são etapas importantes e não devem ser queimadas. Aliás, a não ser que você esteja interessada apenas em parceiros sexuais de uma noite só.

Se basear num roteiro feito de caras, bocas, gestos e comportamentos ensaiados raramente funcionam. Mesmo porque qualquer falta de naturalidade é percebida de longe nas situações que envolvem conquista, nas quais se estabelecem "diálogos corporais", cuja interpretação ocorre no inconsciente, sem possibilidade de armações, mentiras e fingimentos.

Os homens simplesmente amam mulheres que pedem a sua ajuda. Os fazem sentir mais “macho”, os dão uma desculpa para conversar com uma mulher bonita e desperta o desejo instintivo de ser o provedor e protetor da mulher. E quando você agradece a um homem com um sorrisinho conquistador, existe uma boa chance de que ele fique desconcertado e interessado a ponto de pedir seu telefone!

Mulheres atraentes são assediadas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Recebem cantadas via e-mail, SMS, ganham lanche de graça e furam fila, tudo ao menor estalo. A gargalhada animada ou a risadinha do flerte de uma mulher feliz pode derreter o coração mais duro de um homem. Ter uma personalidade alegre e animada e sempre ver a vida com otimismo o tempo todo é possível quando é verdadeiro, caso contrário se torna um grande desafio. Existe algo nas mulheres simpáticas e alegres, cujos olhos transmitem felicidade, que suga a atenção de todos os homens para ela, mas é preciso sentir-se assim.

Seja verdadeira. Não tente fingir ser o que não é, pois fatalmente sua máscara vai cair mais tarde e o homem não vai reconhecer a pessoa que o conquistou anteriormente. Seja sempre humana. Por exemplo, não tenha receio de demonstrar suas fraquezas, sobre o fato de você ter ralado o carro na garagem da última vez que fez uma baliza.

E você está solteira e louca para arrumar um namorado, saiba que a arte da conversa está entre os principais segredos de uma relação saudável e adulta. Para isso, não precisa vestir máscaras ou ser quem você não é. Personalidade é tudo nessa hora.

Todas as ilusões acabam por nos fazer pagar um preço demasiado alto. Pesquisas do comportamento humano revelam que à primeira vista o amor e a paixão se revelam como resultado de uma série de alterações na química cerebral, desencadeadas por fatores que, na mente inconsciente, estão relacionados a bons momentos passados, como um cheiro, um som, uma entonação de voz, um gesto.

M a r i a n M a r t i n s psicóloga, atua na área clínica e perita do Tribunal de Justiça, também escreve para jornais, blogs e revistas.
CRP RS 07|10386 | CRP PR 08 IS|335
Rua Garibaldi, 680 | Sala 501 | (54) 3223 4926
Caxias do Sul - RS

Nenhum comentário: