sábado, fevereiro 04, 2017

Ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva morre aos 66 anos


A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, teve morte confirmada na noite desta sexta-feira (3). Após realizarem exames protocolares pela manhã, os médicos submeteram a mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a uma bateria derradeira que comprovou a morte. Marisa estava internada no Hospital Sírio-Libanês desde o último dia 24, quando sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

"O óbito da Sra. Marisa Letícia Lula da Silva foi constatado às 18h57 desta sexta-feira (3)", diz o breve texto divulgado pelo hospital. O boletim médico foi divulgado e assinado pelos médicos Antonio Antonietto e Miguel Srougi.

De acordo com boletim do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, ela estava sem fluxo cerebral. Com o diagnóstico, a família já havia autorizado na quinta procedimento de doação de órgãos da ex-primeira-dama. Diante da situação "irreversível", como definiu o médico da família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, os aparelhos também foram desligados na quinta (2).

Após vir à tona o diagnóstico de ausência de fluxo cerebral, Lula e a família passaram a receber mensagens de solidariedade de políticos de diversos partidos. Ainda na quinta, o petista recebeu a visita no hospital do presidente Michel Temer (PMDB), que foi hostilizado ao entrar no local, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) antecipou retorno da Europa para prestar condolências ao padrinho político.

Nenhum comentário: