sexta-feira, março 18, 2011

IML de Curitiba poderá ser interditado devido a falta de condições mínimas de funcionamento

Corpos sem identificação ficam amontoados.

A situação do Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba é pior do que se imagina: além da notória falta de equipamentos e de pessoal, a estrutura precária da sala de radiologia da unidade provoca a emissão descontrolada de radioatividade e o armazenamento inadequado de dezenas de corpos causa o vazamento de chorume – líquido preto proveniente da decomposição biológica. Essas denúncias contra o IML da capital foram comprovadas ontem durante vistoria feita pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil seção Paraná (OAB-PR). Hoje (18) a Secretaria Municipal de Meio Ambiente deve averiguar o local. A situação pode causar a interdição do local.

Nenhum comentário: