quinta-feira, maio 11, 2017

STF adia julgamento do ex-deputado Luiz Fernando Carli Filho

O julgamento do habeas corpus sobre o julgamento do ex-deputado Luiz Fernando Carli Filho foi retirado da pauta desta quinta feira (11) do Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da instituição.
Seria analisado hoje este pedido da defesa de Carli Filho, que tenta impedir que ele vá a júri popular por homicídio doloso eventual pelo acidente que deixou dois mortos em maio de 2009.
Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo Souza morreram no acidente, que ganhou repercussão nacional.
O advogado da família de Yared, Elias Mattar Assad, emitiu uma nota nessa quarta feira (10) informando que todas as possibilidades jurídicas para o adiamento do júri popular de Carli Filho se encerraram no Superior Tribunal de Justiça.
O habeas corpus da defesa do ex-deputado está tramitando no STF desde janeiro do ano passado e tem a relatoria do ministro Gilmar Mendes.
O STF, por meio de assessoria de imprensa, confirmou que não existe qualquer previsão para que o tema retorne à pauta de julgamentos. E o motivo para este adiamento não foi esclarecido. Ainda de acordo com o STF, não há descrição no processo indicando a razão para esta mudança de data.

Nenhum comentário: