domingo, abril 09, 2017

Justiça bloqueia R$ 78,8 milhões de Nelson Meurer por denúncia na Lava Jato

O juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1.ª Vara Federal de Curitiba, determinou nesta sexta-feira (7) a indisponibilidade de R$ 78,8 milhões em bens do deputado federal paranaense Nelson Meurer (PP)

A mesma decisão foi tomada em relação ao Partido Progressista e a outras dez pessoas ligadas à legenda numa ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), no âmbito da Operação Lava Jato. No total, o montante bloqueado soma quase R$ 477 milhões.

Na ação civil pública movida pelo MPF, a força-tarefa da Lava Jato, em uma nova frente da operação, pede a responsabilização dos partidos políticos – neste caso do PP – pelos desvios de recursos da Petrobras para financiamento de campanhas eleitorais. Somente em relação ao PP, o órgão quer a devolução de cerca de R$ 2,3 bilhões, além de multas.

Eleito deputado federal pela primeira vez pelo PP em 1995, Meurer exerce atualmente o sexto mandato consecutivo na Câmara. Ele foi um dos primeiros parlamentares a se tornar réu da Lava Jato no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), onde responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Apesar de a Justiça ter determinado o bloqueio de R$ 78,8 milhões do paranaense nesta sexta-feira, segundo a prestação de contas da última eleição, em 2014, ele tem pouco mais de R$ 4,6 milhões em bens.

Nenhum comentário: