segunda-feira, janeiro 07, 2013

Cantagalo:Homem mata amásia a martelada e facadas

Leandro Nunes, 28 anos foi preso em flagrante na cidade de Cantagalo após matar sua amásia Patricia de Arcanjo.
A Policia Militar foi acionada por vizinhos a respeito de uma briga de uma casal na Vila Cinderela, chegando ao Local Leandro disse que tinha discutido com a amasia e que ela tinha saído de casa, desconfiados, os policiais militares fizeram buscas na casa e encontraram marcas de luta e sangue, questionado sobre isso Leandro acabou confessando que havia matado a amásia e que o corpo estava escondido dentro de um saco embaixo da cama.
A Versão de Leandro

Entrevistamos Leandro Nunes na Delegacia, ele nos contou que na noite de ontem chegou em casa com a esposa e o filho do casal de apenas 1 ano e 4 meses, que a amásia foi tomar banho e se arrumou, ele perguntou onde ela ia e ela teria dito que iria buscar a mamadeira na casa da "Maria", Leandro disse que ele falou para ela deixar para buscar hoje, mas que ela insistiu e saiu.
Leandro contou que era aproximadamente 6 horas da manhã quando escutou o barulho de um carro estacionando em frente a casa, nisso sua amásia teria decido do carro entrado em casa, Leandro teria perguntado a ela onde ela estava, segundo ele, ela respondeu que estava na Zona do Alemão, Leandro disse que não acreditou e ligou para Maria, amiga de Patricia, esta disse que ela não teria pernoitado em sua casa, nisso Patricia teria iniciado uma discussão, segundo leandro ela o atacou com uma faca, "eu estava com um martelo na mão porque estava arrumando uma parede da casa que o vento tinha levantado, ela me atacou, no momento da raiva joguei o martelo nela", contou Leandro.
Leandro ainda disse que após a briga viu que ela estava morta, e que escondeu o corpo para seu filho não ver a mãe daquele jeito.

Assista  abaixo o vídeo com a entrevista de Leandro Nunes
Leandro Nunes foi autuado em flagrante na Delegacia de Laranjeiras do Sul, em seguida foi transferido para a carceragem da 2ª SDP - Laranjeiras do sul.

Nenhum comentário: